Palmério Dória

#dropscorrosivo

In Picadinhas on 21/02/2011 at 21:37

desprezo que tua mãe me deu

Geografia

Só pra dar uma idéia da Itália na época em que Battisti se rebelou: Último Tango em Paris foi proibido ali por metade da década de 70.

Os EUA nunca tergiversaram em matéria de política externa: dão com mão e tiram com as duas.

BBB

Bial conseguiu inverter a escala de Darwin. Mais uns três BBBs, e ele subirá nas árvores, comendo banana e dizendo: “Me Chita, you Tarzan”.

Política

Com a briga de tucanos Serra deve estar pensando: cadê os 44 milhões de cretinos que votaram em mim? Como arregimentar? Em que praça reunir?

Nosso forte é a tolerância, a coexistência pacifica. E vem um Igor Gielow pregar um Brasil armado até os dentes? Aí tem dentes de coelho.

POR QUE A IMPRENSA ESCONDE O FILHO DE 8 ANOS DE FHC COM A JORNALISTA DA GLOBO?

In Reportagem on 18/02/2011 at 23:10

o príncipe mentiu…

Por Palmério Dória, João Rocha, Marina Amaral, Mylton Severiano, José Arbex Jr. e Sérgio de Souza

Esta reportagem começou assim: o jornalista Palmério Dória ofereceu para Caros Amigos um artigo cujo título era “Presidente, Assuma!”, referindo-se ao filho gerado do romance entre Fernando Henrique Cardoso e a jornalista Miriam Dutra quando o atual presidente da República era senador. A jornalista trabalhava, e trabalha ainda, para a Rede Globo, na ocasião como repórter em Brasília, hoje como correspondente em Barcelona, Espanha.

#dropsácido

In Picadinhas on 18/02/2011 at 22:51

Cinema

Scorcese e DiCaprio anunciam quinto filme que farão juntos. Um dia vai dar certo.

Política

Sarney dedica o artigo de hoje na Folha a Ferreira Gullar, Carlos Heitor Cony, Hosny Mubarak e outros pilantras de sua marca.

Ministro nega que apoio do PMDB ao mínimo seja em troca de cargos. É só um gesto desprendido de amor, carinho, amizade e ternura.

Kassab dialoga com estudantes através de sua nova agremiação, o PP — Partido do Porrete.

Economia

Filha de Sílvio Santos vai estrear como apresentadora de Rombo da Felicidade.

Folia

O Filhos de Glande sai neste Carnaval paraense de cabeça erguida, com o prepúcio subindo e descendo ao ritmo de um batuque alucinógeno.